0
Missão 1
10€
10€
Missão 2
15€
15€
Missão 3
25€
25€
Missão 4
50€
50€
Missão {{ i + 1 }}
{{ mission.label }}
{{ mission.label }}
{{ mission.label }}

Para começar o desafio "Quem sabe, ganha 100", registe-se. Se já está registado, entre na sua conta.

{{playerInfo.messages[0].message.value}}

Tem {{ playerInfo.days_left }} dia(s) para completar as missões.
page__skip_to_main_content
Tudo ou nada

Blog

Tudo ou nada

Um jogo, 90 ou 120 minutos. Agora, mais do que nunca, não interessa quem joga bem ou mal, quem tem mais posse de bola ou quem mais ocasiões de perigo conquista. Na tarde de domingo, franceses e croatas querem ‘apenas’ festejar um sucesso. E nem importa se chegará através do desempate de penáltis. O que interessa é vencer, pegar no troféu e festejar. Assim sendo, por mais estranho que possa parecer, ninguém fala em cansaço, em desgaste físico, em necessidade de férias. Tudo isso só aparecerá quando o apito final soar. E, tenham a certeza, só será relevante para quem perder. A outra equipa, a do outro lado, do bom lado, continuará sem se lembrar disso…

Mas, quem parte com favoritismo para a final do Mundial da Rússia? Em teoria, assim dizem os especialistas e as casas de apostas, será a França. Mas, convenhamos, não faz muito sentido entrar por aí. A Croácia está a jogar muito bem, tem um grupo de extraordinários futebolistas e sabe que esta é a oportunidade de uma vida. Falhar neste jogo não apagará tudo o que de bom a equipa fez, mas a história encarregar-se-á de diminuir o impacto da prestação positiva. Assim, o único caminho é jogar de acordo com o momento. A Croácia vai mesmo encarar a partida como uma final e isso pode ser decisivo para cortar algum do previsto domínio gaulês.

O jogo tende a ser muito disputado, viril, pois já não existirá a tendência para pensar na acumulação de cartões amarelos. E isso pode beneficiar a Croácia, embora a França tenha capacidade física de sobra para responder à aguardada agressividade contrária.

Um golo na segunda parte parece a aposta mais lógica. Não só tem sido mais normal ver golos na segunda metade, como as equipas tenderão a estar mais vulneráveis nessa fase. Aliás, se tivermos golos na primeira parte será quase impossível que a segunda fique em branco.

De resto, é garantido que vamos ter as seis substituições e que o jogo terá mais paragens do que o habitual. Quem ganhará? Isso saberemos ao final do dia…

 

Luís V.

ALTA DIGITAL